3 momento emocionantes que vivi fotografando casamentos

February 13, 2019

O que faz um fotojornalista? Ora, ele conta histórias com fotografias. E o que faz um fotojornalista de casamentos? Conta histórias de casamentos através de suas fotografias. Embora o ritual dos casamentos sejam bem parecidos, cada casamento é um evento único. É a história daquele casal que está sendo registrada em imagens.

 

Ainda que fossem as mesmas pessoas casando pela segunda vez, a história seria diferente, pois acontecem em momentos diferentes, com experiências diferentes... É encantador contar essas histórias. Mas as vezes pode ser assustador, quando parece que as coisas não vão dar tão certo quanto precisam ser. E neste artigo vou dividir com vocês três destes momentos.

 

Vou começar por um momento que os noivos ainda não sabem que passaram... hahahaha... é segredo até hoje.

 

A gente sabe que as coisas só estragam quando estão sendo utilizadas, e com uma câmera fotográfica não pode ser diferente. Na ocasião, eu, o casal e um casal de padrinhos deles subimos a serra gaúcha para fazer o ensaio de noivos e ter fotos para a decoração, para o livro de assinatura e para o vídeo da recepção do casamento. Eu sempre carrego um equipamento reserva (sorte!!! Me salvou este dia)

 

Chegando em Garibaldina, região vinícola, onde foram realizadas as fotografias, a minha câmera estragou. Não ligou. Ficou mortinha... e eu no banco de trás do carro, em pânico. Decidi utilizar a câmera reserva, de marca diferente da principal. Como as marcas eram diferentes, as lentes eram incompatíveis. Uma câmera não podia usar as lentes da outra e minhas lentes de retratos eram da câmera principal.

 

Minha câmera reserva tinha uma lente, uma grande-angular, própria para paisegens. Quem não é fotógrafo não imagina a situação assombrosa que é ter que conduzir um ensaio inteiro com uma grande angular (10-20mm) e uma câmera com sensor pequeno. Apelei para a criatividade e explorei a paisagem paradisíaca do local. No final tudo deu mais do que certo e as fotos ficaram lindas. Até hoje eu não havia contado isso para ninguém.

 

 

O segundo momento foi bem mais recente. Também foi uma surpresa, mas este momento todos envolvidos sabem. Os padrinhos, as madrinhas, os pais e avós... todos os convidados e até o padre sabe. 

 

A história do casamento passa obrigatoriamente pela chegada na igreja. Chegada do noivo e dos padrinhos, ok. Chegada dos pais dos noivos, ok. Chegada da noiva, ops, pera aí!! A noiva planejou chegar de UBER Black, mas esqueceu de combinar com um motorista. Assim que os motoristas sabiam que levariam uma noiva eles cancelavam a corrida.

 

Imagina o estado dela, sem conseguir carro para chegar na igreja. É assustador, mesmo. No fim ela chegou, claro. O casamento foi lindo e maravilhoso e tudo deu certo. Mas como ela chegou? Chamou um táxi. Aqueles carros vermelhos com uma faixa azul no meio e uma calha de chuva na porta. Todas aquelas fotos na porta do carro estavam comprometidas. Mas a foto pela janela? Sim, esta poderia ser feita se o táxi não parasse no estacionamento da igreja, em meio a todos os outros carros estacionados, num ambiente caótico.

 

Ainda assim, sobrava uma foto: Apenas um pedaço do carro num ângulo de baixo pra cima evitando todo aquele estacionamento e buscando o alto. A noiva, as árvores e um pedaço do carro. Essa era a saída. Foi o fim de um momento de tensão.

 

 

O terceiro momento é um momento de superação. Particularmente eu me emociono quando lembro e meus olhos dão uma marejada... Envolve doença, quimioterapia, dúvidas sobre a auto-estima a superação de tudo isso, terminando em uma linda história de amor. Quem estava presente percebia que a noiva estava radiante no dia do seu casamento. Porém, antes de conhecer o noivo, ela se recuperava de uma doença séria e já estava perto de completar 40 anos. Ela estava em uma crise existencial, se achando feia e desacompanhada. Passava sozinha pelas dificuldades que a vida lhe impunha até conhecer seu parceiro e companheiro para todas as horas.

 

Para este momento não tem uma fotografia especial, pois o momento todo era especial. O que podemos ver é a felicidade estampada nas expressões deles e a esperança de uma vida plena por vir.

 

 

Contar histórias, valorizar a beleza das pessoas e eternizar seus melhores momentos são as coisas que me fazem fotógrafo.

 

Todos os dias atendo pessoas que querem fazer fotos. Essas pessoas não são mais um cliente, são pessoas únicas, com histórias únicas. Cada vez que atendo uma pessoa penso na história que vou contar com minhas fotografias.

Porque lá na frente, essas histórias vão ser revividas e cada detalhe vai poder ser revisitado.

 

Nunca é só mais um cliente, sempre é alguém especial, afinal de contas, depois do grande dia, a decoração é desmontada, a maquiagem é retirada, tudo se vai e o que fica são as fotografias. É o que vai guardar os melhores momentos para sempre.

 

Quer construir suas histórias com a gente?

 

Tenho uma presente pra você. Buscando cada vez mais histórias histórias emocionantes vou presentear 5 casais que irão se casar em 2019 com um ensaio PRÉ CASAMENTO! =D

 

Parece meio surreal né? Mas é isso mesmo!

Se você se identificou com a nossa história e gostou do nosso trabalho, eu te convido a participar!

Os 5 primeiros casais que entrarem em contato ganharão ensaio pré casamento e mais alguns presentinhos surpresa!

Para participar você só precisa clicar aqui e responder algumas perguntinhas.

CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR

 

Estamos ansiosos para te conhecer e contar sua história.

Participe!

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Fotógrafo de casamento em Porto Alegre / RS